segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Dinamismo e inteligência de Gracinha Moraes Souza foram fundamentais para processo vitorioso contra o PT, em Parnaíba

Gracinha com a filha Ana Beatriz, Adalgisa e Mão Santa e o esposo Márcio Nunes
Maria das Graças Moraes Souza Nunes, esse é o nome da grande articuladora e uma das responsáveis do processo vitorioso na derrubada do Partido dos Trabalhos (PT) em Parnaíba. Gracinha Moraes Souza foi uma das coordenadoras de campanha do prefeito Mão Santa e conseguiu apoio político suficiente para vencer a poderosa máquina do partido dos trabalhadores no município piauiense. 

Embora senador, governador, prefeito, deputado e uma das lideranças políticas mais importantes do país, Mão Santa recebeu críticas e deboches de seu adversário Florentino Neto. O discurso do médico era de ‘salvar a Parnaíba do PT’ e consequentemente sobre a coordenação de Gracinha Moraes Souza a chapa foi vitoriosa, mesmo não possuindo tempo de mídia, não possuindo patrocinadores e nenhuma máquina econômica, o trabalho da equipe coordenada por ela conseguiu derrubar a máquina petista.
Secretário de Educação Roger Jacob e Gracinha Moraes Souza, Secretária de Infraestrutura
E não parou por aí, Gracinha também foi uma das articuladores na vitória da base governista na Câmara Municipal, enquanto o grupo de Florentino cantava vitória nos bastidores, Gracinha articulava o nome de Geraldo Alencar Filho para presidir o legislativo municipal e a vitória foi certa, surpreendendo a todos.
Secretários, superintendentes e membros da equipe de Mão Santa rasgam elogios para Gracinha Moraes Souza e parabenizam por todo o seu empenho no processo que foi feito com dinamismo e inteligência. Para a equipe, Gracinha foi uma das pedras fundamentais em todo o processo de falência do PT em Parnaíba.
Roberto William | SIM NOTICIAS