terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Comandante do Rone pede para não reagir assaltos; veja orientações

A onda de assaltos que vem acontecendo em Teresina tem deixado a sociedade preocupada. Em entrevista para o Jornal do Piauí desta segunda-feira (18), o comandante do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especiais (Rone), coronel Raimundo Sousa, deu orientações de como a população deve se comportar durante um assalto.

O coronel assistiu aos vídeos de câmeras de segurança que registraram dois assaltos em menos de 48h na rua João Emílio Falcão, bairro de Fátima, zona Leste de Teresina, na semana passada e explicou como agem os assaltantes.

"Esses elementos agem na surpresa e principalmente na covardia, o cidadão não deve resistir, deve entregar os pertences e obedecer aos comandos dos criminosos para evitar um resultado mais negativo para as vítimas", disse.

Uma das recomendações dadas pelo comandante do Rone é que a pessoa, quando estiver chegando ao seu destino, avise se possível, a alguém que já esteja lá, para que a pessoa fique atenta.

"A gente tem que se antecipar nesse tipo de fato, no sentido de observar ao chegar em casa e ao sair de casa e em locais públicos, como ao chegar e sair de um supermercado, se cercar dos cuidados de que não tem alguém lhe observando e que não possa ter alguém que esteja lhe acompanhando", informou o coronel Raimundo Sousa. 

A principal orientação do coronel é que a vítima permaneça calma e atenda o criminoso, depois, ela deve entrar em contato com o 190 para que a polícia possa localizar o assaltante, prendê-lo e recuperar os bens da pessoa.
Fonte: CidadeVerde