quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Candidato a prefeito de Parnaíba fala sobre projetos e critica gestão do PT

Com cinco mandatos consecutivos de vereador na cidade de Parnaíba, Gerivaldo Benício (PDT) se diz preparado para disputar o cargo de prefeito municipal nas eleições deste ano. Em entrevista ao GP1, o candidato falou sobre projetos, apoio do ex-governador Zé Filho (PPS) e possíveis alianças com Mão Santa e Tererê. 

Gerivaldo foi lançado pré-candidato da oposição após a deputada estadual Juliana Falcão (PMDB) desistir da candidatura, mas permanece com o apoio do ex-governador Zé Filho (PPS), que é o principal articulador da campanha. O parlamentar explicou que Juliana não soube dialogar com os possíveis aliados em torno de uma coligação de oposição. “A candidatura da deputada Juliana não se consolidou porque ela não conseguiu agregar os partidos, ela tentou unir a oposição mas não houve consenso. Então surgiu o nosso nome para a disputa, que já vinha bem nas pesquisas para vereador, justamente por ter cinco mandatos consecutivos e serviços prestados na cidade”, declarou. 

O vereador não acredita que seja necessária uma coligação juntando a oposição para ganhar do atual gestor, porque “Parnaíba é politizada, pois independente de quem seja o candidato, o eleitor vota por propostas, pelo o melhor pra cidade. Não vejo dificuldade por existir três candidatos da oposição e um da situação. Vai ganhar a eleição aquele que tiver melhor proposta e mais identidade com o povo”. 

Possíveis alianças 
Gerivaldo garantiu que vau dialogar com os demais candidatos da oposição e comentou a possibilidade de apoio dos candidatos Mão Santa e Tererê, que já foram aliados no passado.

“O Tererê já apoiei para prefeito, perdi. Apoie para deputado, perdi também. Já votei no Mão Santa várias vezes. Votei no filho dele, votei nele. Apoiei a filha dele para prefeita e também perdi. Então acho que agora é a oportunidade deles retribuírem o meu apoio que dei a eles nas últimas três eleições municipais. A ex-pré-candidata Juliana já teve a oportunidade de conversar com eles, eu não. Mas até sexta-feira estarei conversando com eles”, informou.

Projetos
O plano de governo ainda está sendo montado, de acordo com o candidato, ouvindo as demandas da população. O vereador citou uma das ideias para área da educação e assistência à criança e ao adolescente, de maneira a melhorar a utilização dos recursos. 
“Um agente comunitário da educação, que fará um levantamento para detectar nos bairros crianças que estejam fora da escola, como também todo o aparato necessário para recebimento desse aluno. Com isso o município não perderá recursos e poderemos aumentar mais ainda o numero de alunos nas escolas e qualidade de vida destes e de suas famílias. Vamos transformar a educação, contribuindo”, explicou.

Na área de esporte e lazer, Gerivaldo propõe a construção de locais propícios, principalmente na periferia. “De imediato queremos construir cinco polos de esportes na periferia de Parnaíba. É uma forma de dar oportunidade para os jovens desenvolverem suas atividades. Não vamos tirá-los da ociosidade e dar oportunidade para lazer e encontros culturais”, disse.

Problemas 
Para Gerivaldo, o principal problema da atual gestão é a falta inclusão da juventude nos projetos sociais. “A cidade está com um índice muito grande por falta de oportunidade para a juventude. A cidade tem crescido e o poder público não acompanha esse desenvolvimento populacional. As pessoas estão na ociosidade, sem perspectiva, sem infraestrutura para que os jovens possam se divertir, praticar esportes e cuidar de sua própria comunidade”. Atualmente Parnaíba possui mais de 200 mil habitantes.

As poucas obras na cidade também é um ponto fraco da gestão, segundo o candidato. “A gente não vê ação da prefeitura em Parnaíba. As obras que há lá são todas estaduais e federais, apenas conveniadas. Do próprio município não tem. A cidade tá esburacada, a periferia está abandonada, não tem calçamento, iluminação”, declarou.
Fonte: GP1