terça-feira, 2 de agosto de 2016

Pesquisa mostra que Parnaibanos estão preocupados com a segurança, saúde e TRANSPORTE

O site G1/Piauí de Teresina, ligado ao sistema Globo de comunicação, criou uma enquete para saber a opinião das pessoas quanto aos principais problemas na cidade de Parnaíba (PI). O site da opções e os leitores podem votar, clicando AQUI.

Até o momento a segurança tem disparado na votação como a principal preocupação da sociedade, seguido da saúde e transporte, (no lugar que normalmente ficaria a educação). Mesmo sendo uma das áreas mais importantes a educação que também é precária no município, está na pesquisa abaixo de saneamento básico, outra área deficiente que gera filas nos hospitais.

O transporte:

É um dos fatores que mais afeta a vida dos parnaibanos que não contam com linhas fixas das vans ou micro ônibus da cooperativa de transporte (coopertranp) em horários alternativos, feriados e finais de semana. Mesmo assim, o Prefeito Florentino Neto (PT), se recusa a vigorar a lei 1677/1999 que regulamenta a profissão de moto taxista aprovada na gestão do prefeito Zé Filho, que seria uma alternativa legal e segura para a população e seus visitantes.

O atual prefeito do município está inclusive desobedecendo determinação o Ministério Público sobre o funcionamento da lei. Um oficio foi enviado a prefeitura de Parnaíba (PI), no dia 29 de Junho com prazo de 10 dias para a prefeitura de Parnaíba se manifestar a respeito do caso, mas não houve parecer do município.

Após manifestação dos moto taxistas na porta do gabinete do Prefeito Florentino Neto (PT), há poucos dias, uma reunião foi marcada para segunda feira (01/08), no encontro o município não fez nenhuma proposta a categoria, dizendo apenas que irá tratar tudo com o ministério público, sendo que nunca obedeceu a determinação do órgão.

Os moto taxistas estão planejando novas alternativas para pressionar o prefeito na intensão de adquirir seus direitos. “O que nós queremos é poder trabalhar de forma legal, garantindo segurança para nós e nossos clientes”. Disse o mota taxista Mario Veras ligado ao sindicato dos moto taxistas de Parnaíba (SIMPAR).

Fonte: Blog do Pessoa