sábado, 7 de janeiro de 2017

Assaltantes invadem lotérica, fazem reféns e trocam tiro com polícia; Bandido é morto com tiro na cabeça

Segundo informações um trio de assaltantes invadiu uma loteria localizada na Av. Dr. João Silva Filho, conjunto Betânia no bairro Piauí por volta das 19h30, horário que encerrava o expediente. O vigilante da lotérica (que saiu durante a tentativa de fuga dos bandidos) nos repassou que seriam três bandidos, porém somente dois estava dentro da empresa. Além dos dois marginais e o segurança, encontrava-se outros reféns funcionários da lotérica.
Foto: Gleytwney Miranda - Policial e imprensa foram alvos de dois tiros
Foram várias horas de negociações e inclusive com troca de tiro. A primeira tentativa dos bandidos de saírem do local foi fugir em um carro Onix roubado na manhã desta sexta-feira (06) próximo a um motel na saída da cidade. Para isso os elementos encapuzaram todos os homens e pediram para uma mulher sair e desobstruir a passagem do carro, pois na frente tinha uma motocicleta. Ainda nesse episódio os elementos avistaram um atirador da polícia escondido atrás de um porte e também equipes de imprensa que faziam cobertura. Nesse momento foram disparados dois tiros, populares que não colaboraram com a atitude da polícia fizeram alvoroço e os bandidos juntos com os reféns recuaram.
Depois de mais uma longa negociação, um jovem identificado por Samuel saiu da lotérica pelo telhado sem blusa, descalço e desarmado, porém o jovem era apenas funcionário da loteria e foi liberado pela dupla de bandidos para que ele pudesse examinar o local e testar os policias. Após esse evento, os bandidos levantaram a porta da lotérica e apresentaram uma das reféns, a mesma acenou para a polícia pedindo para não atirar, os bandidos abaixaram a porta novamente e as negociações continuaram.
Na terceira tentativa de fuga eles fizeram os reféns de escudo e caminharam sem rumo, eles só não esperam que estavam cercados por policiais preparados e após nova troca de tiro, um dos bandidos foi alvejado com um tiro na cabeça, esse foi encaminhado para o Pronto Socorro Estadual Dirceu Arcoverde, porém não resistiu e morreu. Nesse momento o vigilante e outros reféns conseguiram fugir das mãos dos bandidos.
Kelson William Azevedo, assaltante morto com tiro na cabeça
Minutos depois ao tiro em um dos elementos, o ultimo que ainda estava com uma refém resolveu se entregar dando fim ao drama vivido pelos funcionários e que chocou a cidade de Parnaíba. Já capturado por dezenas de policiais, a população invadiu todos os cordões de isolamento para lixar o bandido, a polícia teve trabalho para conter os populares. Esse foi encaminhado dentro de uma viatura da força tática para cuidados médicos no HEDA e posteriormente ser levado para a Central de Flagrantes.
Ricardo Aguiar de Souza o “Batata”
Segundo informações o que está preso responde pelo nome de Ricardo Aguiar de Souza o “Batata”, residente a rua Osvaldo Cruz no bairro Boa Esperança, próxima a uma igreja. “Batata” foi linchado por populares após se entregar, o bandido baleado e morto responde pelo nome de Kelson Azevedo.
A Policia Militar, Força Tática, Serviço Reservado, Policia Civil e Corpo de Bombeiros trabalharam em conjunto, foram dezenas de homens e mulheres envolvidas. Além do trabalho de negociação com os bandidos e de preservar a vida dos reféns, policiais tiveram que ‘ter uma dor de cabeça’ com populares que tentavam a todo custo furar cordão de isolamento e colocar a própria vida em risco.
Roberto William | SIM NOTICIAS
Mais informações a qualquer momento