quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Greco já prendeu 23 pessoas suspeitas de explodir caixas eletrônicos no Piauí

O delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, informou que em pouco mais de um mês, de dezembro até ontem (17), 23 pessoas foram presas suspeitas de participação em explosões a caixas eletrônicos no Estado. As últimas prisões ocorreram ontem (17) no Parque Brasil, zona Norte de Teresina. 
Entre os presos há duas mulheres identificadas como Juciane Silva dos Santos e Ana Paula Bezerra da Silva. Os outros quatro foram identificados como Vicente Paulo da Silva Júnior, Luís Carlos Cardoso Pereira, João da Cruz Santos Silva, vulgo "João Cão", Mario Daniel da Silva Nascimento o "Xexéu". 
"Nós já conseguimos tirar de circulação essas 23 pessoas, que foram presas por participação direta nessas explosões. Nós já estamos há quase 10 dias sem ações desse tipo, o que demonstra que esses assaltantes agiam em conjunto nessas explosões", declarou o delegado.
Outro detalhe citado por ele é que cada integrante da quadrilha deveria receber cerca de R$ 5 a 10 mil, cada um, a depender da quantidade de dinheiro disponível nos caixas explodidos. 
"Uma quadrilha agia com cinco ou sete integrantes e um caixa eletrônico pode ter cerca de R$ 60 mil, que eles dividiam igualmente entre si", informou. 
Riedel informou ainda que novas prisões deverão ocorrer nos próximos dias, já que a polícia está com mandados de prisão em aberto.
Fonte: Cidade Verde | Edição: SIM NOTICIAS