sábado, 18 de fevereiro de 2017

Chateado com Wellington Dias, Ciro se reúne com líderes da oposição ao governo

Após mais um desencontro entre as pretensões de Ciro Nogueira (PP) e as decisões de Wellington Dias (PT), eis que o senador posa ao lado de alguns dos principais nomes da oposição que se articula para enfrentar o atual governador nas eleições de 2018.
Para o registro, feito na noite deste sábado (18/02), posaram junto ao senador o ex-governador Wilson Martins (PSB), o deputado estadual Robert Rios (PDT), o presidente do Conselho Federal do Sesi João Henrique (PMDB), o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), e o ex-governador Freitas Neto.
Apesar de na TV dizer que vai tudo bem nas negociações com W.Dias, em arranjos com intuito de aumentar a participação do PP na equipe de governo do petista, o senador Ciro Nogueira não está nada satisfeito com o recuo na oferta da Secretaria de Saúde do Piauí - Sesapi. O que diz à imprensa nada mais é que discurso político. No fundo quer respeito, cobra o que está à altura do partido.
Não é de agora que Ciro luta pelo comando da Saúde no Estado. Já travou este duelo com Marcelo Castro (PMDB). E apesar de não ter fama de irresponsável e desleal aos compromissos, pode agora dar uma de "riquinho dono da bola" e acabar com o jogo.
O cenário não lhe permite dizer que vai sair do governo. E é verdade quando diz que não impõe cargos. Se negocia. Mas diz muito posar ao lado de Wilsão, que ontem em entrevista ao 180graus deixou nas entrelinhas o desejo de que Ciro decida compor com a oposição. Sem contar que a "tucanada" que agora se filiará ao PP não vai apenas por questões ideológicas. Firmino não entregaria sua tropa de graça sem pensar em participação no governo. 
Fonte: 180 Graus | Edição: SIM NOTICIAS