quarta-feira, 26 de julho de 2017

Vladimir de Jesus não é mais treinador do Parnahyba; tubarão procura novo comandante

Vladimir de Jesus e Parnahyba terminaram a parceria. O técnico não seguirá à frente da equipe nos jogos contra o CSA pelo pré-Nordestão, e o clube azulino procura um novo comandante. Vladimir recebeu com naturalidade a notícia do desligamento. Segundo ele, os números da campanha na Série D do Brasileiro –37% de aproveitamento – são suficientes para justificar a não renovação do contrato.
- Tenho que aceitar, não posso obrigar eles a minha presença. Óbvio que a gente fica chateado e triste por não continuar um trabalho. A tristeza maior é você ter a sensação de que poderia ter feito mais. Entendo o lado da direção, um trabalho de cinco derrotas e três vitórias não pode ser considerado um trabalho excelente. Então, entendo – comentou Vladimir.
Vladimir assumiu o Parnahyba logo após o vice-campeonato azulino no Campeonato Piauiense. O time venceu três jogos em casa (contra América-PE, Globo FC e Guarani de Juazeiro) pelo placar de 2 a 0. Na segunda fase, o Tubarão acabou eliminado pelo Globo com duas derrotas, 3 a 2 no Pedro Alelaf e 2 a 0 em Ceará-Mirim. A intenção de Vladimir seria de continuar no clube piauiense, mas o descarte não deixou mágoas.
- Fico triste, claro, mas não é meu papel ficar brigando. Meu relacionamento com o Parnahyba sempre foi profissional e muito bom. Vida que segue. O Parnahyba buscando seu objetivo na Copa do Nordeste. A amizade continua, com a esperança de voltar. Sempre tive respeito e da parte do clube houve responsabilidade – completou.
Aguardando a definição do Parnahyba, Vladimir de Jesus agora se lança no mercado.
- No segundo semestre é complicado por conta das poucas competições, mas independe da escassez do mercado sempre aparecem propostas. Bola para frente – finalizou.
No pré-Nordestão, o Parnahyba tenta vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste. Por participar da seletiva, o Tubarão ganha R$ 250 mil de cota. A classificação dá ao clube, além do calendário cheio no primeiro semestre de 2018, a entrada de mais R$ 500 mil na conta.
Fonte: Globo Esporte | Edição: SIM NOTICIAS