quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

80% dos motoristas dirigem e usam celular ao mesmo tempo, diz pesquisa

Uma pesquisa feita com 4,1 mil motoristas revela que 80% acabaram confessando que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo. A pesquisa é do Hospital Samaritano de São Paulo.

Teve um tempo em que as pessoas dirigiam com as duas mãos no volante, prestando atenção somente no trânsito. Mas a tecnologia muda comportamentos e o que a gente vê nas ruas é que o volante anda merecendo uma mão só porque a outra ou está mandando mensagem, navegando na web ou segurando o celular porque tudo anda tão urgente.

No flagrante do Jornal da Globo vemos uma mulher segurando o telefone com o ombro e, na outra mão, uma latinha. Outra moça fala no celular, dá aquele retoque na maquiagem; e quando o trânsito anda, continua falando e, se o trânsito para, outra escreve, escreve...mesmo com carro parado não pode. Nem no semáforo é permitido.

Mas uma pesquisa feita pelo Hospital Samaritano em São Paulo mostrou que 80% dos motoristas usam celular enquanto dirigem, 42% mandam mensagens de texto que é mais perigoso e 8% não mudariam de comportamento de jeito nenhum.

Uma troca de mensagens rapidinha no celular tira 23 segundos da sua atenção no trânsito. Parece pouco tempo, né? Em uma simulação é possível ver quantas coisas podem acontecer em 23 segundos.

"Quando eu desvio o meu foco para o celular eu estou fazendo mais do que uma ação. Eu estou olhando para o celular, eu estou lendo no celular e vou digitar, eu estou fazendo várias ações. A última coisa que eu vou pensar é no trajeto que eu estava executando", alerta Renato Anghinah, coordenador do Núcleo de Neurologia do Hospital Samaritano.

"O grande problema da gravidade de quem está digitando enquanto está dirigindo é que você não vai ter como se preparar para o acidente. Se a pessoa está a 100 km/h e ela perde a direção não vai ter aquele período em que ela freou porque ela viu que ia sofrer um acidente", diz Diogo Garcia, coordenador do centro de trauma do hospital.
Fonte: G1