quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Filho de piauiense é preso suspeito de participar de morte do pai no Pará

A Polícia Civil (PC) de Altamira, no sudoeste do Pará, prendeu na madrugada da última terça-feira (19), Henrique Kiara Buchinger mais duas pessoas suspeitas de envolvimento na morte de um casal de empresários e mais o filho dele no dia 7 de janeiro deste ano. Henrique é o filho mais novo do piauiense Luís Alves Pereira e de sua esposa Irma Buchinger Alves.

Durante a manhã desta terça (19), os suspeitos que tiveram a prisão decretada foram ouvidos na Seccional de Altamira, pelo delegado Vinicius Dias, que é responsável pelas investigações do caso.

O casal e o filho mais velho (foto ao lado) foram mortos por asfixia durante uma possível tentativa de assalto. Até agora a Polícia Civil não se pronunciou oficialmente sobre as prisões, mas informou que não descarta o envolvimento de outras pessoas no caso.

Investigações
A principal suspeita é que eles tenham morrido asfixiados. A polícia acredita, os suspeitos teriam invadido o prédio a procura de dinheiro e feito a família refém. De acordo com o Delegado Rodrigo Leão, superintendente da Polícia Civil na Região do Xingu, equipes estão em diligência procurando os criminosos desde a madrugada. 

“Estamos coletando imagens de circuito interno. Já vimos que entraram de quatro a cinco pessoas na casa e um carro, mas devida a falta de qualidade da imagem não conseguimos identificar nem as pessoas, nem a placa do veículo.

Ainda segundo o delegado, as informações sobre o caso não estão claras, “O que temos ainda são informações desencontradas, inclusive dos filhos que sobreviveram. Eles estão muito abalados e ouvimos eles informalmente. Mas nesta tarde devemos fazer as oitivas com eles”, completa.

Os suspeitos fugiram levando o carro da filha do casal, que sobreviveu, e abandonaram o veículo a 12 quilômetros de Altamira.
*Com informações G1