terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Vereador Carlson estranhou o período de envio do PL do executivo

Em recente entrevista à Rádio Cidade, o vereador Carlson Pessoa (PPS), justificou seu pedido de adiamento de aprovação do PL enviado pelo executivo à câmara, que tratava sobre a destinação de 60% dos recursos do FUNDEB para os professores do município.
O PL foi discutido e aprovado na última sessão da atual legislatura realizada na quinta-feira (22). Carlson Pessoa disse que votaria pela aprovação, mas que antes disso precisava consultar a assessoria jurídica da câmara “É tanto que não só eu, mas outros vereadores também tiveram o mesmo entendimento, vereadores da base” explicou Carlson.
O vereador disse ter estranhado o envio do PL apenas depois da diplomação do prefeito eleito Mão Santa (SD), “Engraçado que quando ainda havia aquela chance do prefeito Florentino ser beneficiado com a possível cassação da chapa de Mão Santa, a câmara não recebeu esse Projeto de Lei” comentou o vereador. 
Carlson Pessoa disse que em todo o seu mandato defendeu os professores do município, seja fiscalizando, cobrando soluções e denunciando situações que ele julgou inadmissíveis. Pessoa votou a favor do PL, e disse diante dos professores ali presentes que seu mandato estará sempre a disposição da classe, mesmo fazendo parte da base aliada ao executivo a partir de janeiro de 2017.
Fonte: Blog do Tiago Mendes