sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

UFPI reservará vaga para aluno que não concluiu ensino médio

Universidade Federal do Piauí (UFPI) (Foto: Fernando Brito/G1)
A Universidade Federal do Piauí (UFPI) divulgou nesta sexta-feira (27) o edital com as regras para reserva de vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no primeiro semestre letivo. A reserva vale para estudantes que não conseguiram concluir o ensino médio por conta da greve de docentes ou movimentos estudantis que ocuparam algumas instituições pelo país.
Este ano, a Universidade Federal do Piauí está disponibilizando 3.454 vagas para 77 cursos na modalidade presencial. Há oportunidades para cursos nos campi de Teresina (2.058), Parnaíba (556), Picos (430), Floriano (160) e Bom Jesus (250). Destas, 1.727 são reservadas para as ações afirmativas.
Para ter direito à reserva de vaga, o candidato que prestou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá que apresentar no ato da matrícula uma certidão emitida pelas autoridades competentes de que é “estudante concluinte” do ensino médio, referente ao 2º período letivo de 2016. O mesmo documento deve deixar claro que a conclusão foi prejudicada por conta de greve ou das ocupações. A certidão deverá trazer ainda uma previsão de data para término do curso.
O candidato também deve apresentar à UFPI o histórico escolar parcial assinado pelas autoridades competentes. O estudante que se enquadrar nas condições de candidato concluinte do ensino médio, assinará um termo de ausência de documentação com o prazo até 1º de março para que as cópias autenticadas sejam entregues no setor de matrícula da instituição.
A não entrega da documentação e a não comprovação de conclusão de ensino médio implica no cancelamento da reserva de vaga.
As inscrições para a primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017 terminam às 23h59 de domingo (29). São oferecidas mais de 238 mil vagas em 131 instituições públicas de ensino superior em todo o país.
Acompanhe a nota de corte
As notas de corte são atualizadas todos os dias à 1h. Elas revelam o desempenho do último candidato virtualmente classificado. Por isso, o estudante não pode fazer a inscrição e “abandoná-la”: como o sistema segue em atividade, é possível que no momento em que ele se inscreveu tenha chance de ser convocado para a vaga, mas a situação mude no dia seguinte.
Se isso acontecer, vale a pena remanejar a inscrição para outra vaga com mais chances.
Fonte: G1 | Edição: SIM NOTICIAS