terça-feira, 7 de março de 2017

Policial é morto e jovem é atingido dentro de ônibus durante tiroteio

O chefe da comunicação social da Polícia Militar, tenente-coronel John Feitosa, confirmou que o cabo Valdir, do 5ª BPM, foi assassinado com tiro de revólver próximo da clínica Ortomed, na rua das Orquídeas, no bairro Jockey Clube, na zona Leste de Teresina.
De acordo com o tenente-coronel, o cabo foi baleado e chegou a tirar em um dos bandidos. Ele [cabo] foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) , mas não resistiu e morreu antes de chegar ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT).
O coronel informou que dois bandidos estavam na cena do crime. Segundo ele, os dois estavam em um Siena preto e atiraram contra o policial que disparou tiros em um dos criminosos, que ficou ferido. A polícia apurou que tinha um outro bandido dando apoio em uma motocicleta.
A polícia iniciou diligências e vai usar imagens das câmeras presentes no local para identificar os acusados. A polícia também quer saber se houve tentativa de assalto e possível reação por parte do cabo, que era lotado no 5ª BPM.
Um homem com um tiro na coxa deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Timon. Policiais estão no local para averiguarem se é o suspeito. Policiais da Delegacia de Homicídios estão no local e procuram imagens de câmeras de segurança que possam auxiliar na investigação. 
Segundo o major Diego, testemunhas informaram que o policial militar tentou intervir em um possível assalto e trocou tiros com os bandidos. “Ele alvejou um dos criminosos na perna e acabou levando dois tiros que o levou a óbito. O cabo Valdir era um policial com 20 anos de polícia que morre como um heroi”, afirmou o oficial do Grupo Tático Aéreo de Policiamento (GTAP). Ele estava de folga no momento da ação. 
Um jovem identificado Mateus de Sá Oliveira, 18 anos, foi atingido no pescoço, próximo à nuca, segundo o HUT. Seu quadro é delicado, mas estável. Ele passa por exames para saber se o projétil está alojado em seu pescoço ou se o rapaz foi atingido apenas por estilhaços da janela do ônibus, onde ele estava. 
A informação de testemunhas é de que o suspeito estava em um veículo Nissan, Versa, de cor prata. Ninguém foi preso até o momento. 
Fonte: Meio norte e Cidade Verde | Edição: SIM NOTICIAS