quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Florentino Neto na mira do TCE-PI, Parnaíba poderá passar por auditoria

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) vai analisar os decretos de emergência e de calamidade administrativa que estão sendo editados pelos novos prefeitos, para verificar se a situação dos municípios justifica a adoção da medida. A informação foi dada nesta quinta-feira (5) pelo presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo.
Conselheiro Olavo Rebelo dá entrevista ao repórter Marcus Teixeira, da Tv Clube
Segundo o conselheiro, técnicos do TCE-PI vão fazer auditorias nos municípios que decretarem situação de emergência para saber de fato a situação de cada prefeitura. "O objetivo do TCE-PI é prevenir irregularidades e evitar danos à população e à cidade”, explica ele.

Em Parnaíba, o ex-prefeito Florentino Neto (PT) apesar de ter deixado a prefeitura terá que prestar esclarecimentos ao órgão. O prefeito Mão Santa encontrou uma prefeitura com problemas em todos os setores, a segunda maior cidade do Piauí estava em estado de calamidade pública e aos poucos vai se recuperando da falta de gestão. A situação financeira do município deixa pelo petista também não foi nada normal e por isso o novo gestor encontrará dificuldades nos primeiros meses de administração.